WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - PCPR lança operação contra suspeitos de estelionato em Curitiba e RMC

Nesta terça-feira (28), a Polícia Civil do Paraná (PCPR) conduziu uma operação que resultou na apreensão de documentos, celulares, notebooks e veículos em Curitiba, Colombo e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana. A ação, desencadeada após nove mandados de busca e apreensão, é parte de uma investigação sobre uma suposta venda fraudulenta de imóveis e cartas de crédito contempladas.

As investigações, iniciadas cerca de um ano atrás, revelaram mais de 40 vítimas de estelionato, todas submetidas ao mesmo esquema de golpes financeiros, estima-se que o prejuízo total das vítimas ultrapasse os R$ 500 mil.

De acordo com o delegado Tiago Dantas, da PCPR, os golpistas atraíam as vítimas através das redes sociais, oferecendo oportunidades de compra de imóveis.

“As vítimas eram convidadas a comparecer a um escritório, onde acreditavam estar realizando um financiamento imobiliário ou adquirindo cartas de crédito contempladas. Elas assinavam documentos e efetuavam o pagamento da entrada solicitada, porém, o valor era depositado em contas bancárias de empresas vinculadas aos investigados”, explicou Dantas.

Além disso, os criminosos contratavam consórcios de alto valor em nome das vítimas, deixando-as com dívidas de até 240 meses.

Os golpistas se valiam do nome de empresas reconhecidas no setor imobiliário para conquistar a confiança das vítimas. Fingindo ser correspondentes bancários ou representantes de empresas administradoras de consórcios, eles desfalcavam somas consideráveis de indivíduos que acreditavam estar concretizando o sonho da casa própria.

A PCPR continua investigando para identificar novas vítimas e esclarecer os detalhes do caso.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli