WhatsApp
Facebook

O dólar registrou sua segunda queda consecutiva, alcançando o menor valor em dez dias, enquanto a bolsa de valores apresentou seu terceiro aumento consecutivo, ultrapassando novamente os 125 mil pontos.

O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (22) cotado a R$ 5,169, com uma queda de R$ 0,031 (-0,59%). Apesar de abrir em leve alta, a moeda recuou após a abertura dos mercados nos Estados Unidos, mantendo-se ligeiramente acima de R$ 5,17 durante a tarde até atingir seu mínimo no encerramento do dia.

Essa marca representa o menor valor desde o último dia 12, quando fechou em R$ 5,12. No acumulado de abril, o dólar apresenta alta de 3,07%, enquanto no ano de 2024 a valorização é de 6,51%.

Na bolsa de valores, o índice Ibovespa da B3 encerrou em 125.573 pontos, com um acréscimo de 0,36%. Um dos destaques do dia foram as ações da Petrobras, as mais negociadas na bolsa, que subiram após o Conselho de Administração da empresa afirmar que pode pagar 50% dos dividendos extraordinários sem prejudicar seus investimentos.

As ações ordinárias da Petrobras, com direito a voto em assembleias de acionistas, tiveram uma valorização de 2,43%, fechando em R$ 43,76. Enquanto isso, as preferenciais, com preferência na distribuição de dividendos, subiram 2,39%, encerrando em R$ 41,50.

O mercado financeiro aguarda a divulgação de dados de inflação nos Estados Unidos e no Brasil. A possibilidade de o Banco Central brasileiro diminuir o ritmo de redução da Selic, os juros básicos da economia, e o alívio das tensões entre Irã e Israel contribuíram para a realização de lucros, com investidores vendendo dólares para garantir ganhos recentes.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli