WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Polícia revela esquema de bandidos utilizando dados de terceiros para golpes em empresa de telefonia

Uma denúncia de uma operadora de telefonia, TV a cabo e internet levou a Polícia Civil a uma operação deflagrada nesta terça-feira (16) em Curitiba. Segundo as investigações, o grupo é suspeito de usar documentos extraviados, roubados e até falsos para contratar os serviços, prejudicando os verdadeiros proprietários dos dados.

Foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão, as investigações continuam, já que pelo menos 180 pessoas podem ter sido vítimas dessas ações criminosas, tendo seus nomes utilizados indevidamente pelos criminosos.

“Fomos procurados recentemente por uma grande operadora que relatou ser vítima constante de contratações fraudulentas. Após investigações, identificamos mais de 35 ligações fraudulentas em alguns endereços”, explicou o delegado Rodrigo Brown, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).

Os investigadores identificaram os 10 principais endereços envolvidos e cumpriram os mandados com base nessas informações. “Foram 10 mandados de busca e apreensão, em que apreendemos uma grande quantidade de modems. Os suspeitos terão que comparecer ao Cope para prestar esclarecimentos”, disse o delegado.

Além da empresa de telefonia, as principais vítimas são as pessoas cujos dados foram utilizados indevidamente. “Essas pessoas acabam sendo negativadas e só descobrem quando tentam fazer compras a crédito. Isso é apenas a ponta do iceberg, pois os aparelhos de telefonia são vendidos e repassados a outros suspeitos que podem operar provedores clandestinos de internet”, detalhou Rodrigo Brown.

Informações e denúncias podem ser feitas diretamente ao Cope pelo telefone (41) 3217-2900.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli