WhatsApp
Facebook

O Paraná apresentou um saldo positivo na criação de empregos com carteira assinada em fevereiro deste ano, totalizando 33.043 novas vagas. Esse resultado reflete a diferença entre 190.995 admissões e 157.952 desligamentos no período. Os dados foram divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nesta quarta-feira (27).

Esse desempenho coloca o estado como o terceiro melhor do país nesse aspecto, ficando atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais, e à frente de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. No acumulado dos dois primeiros meses do ano, o Paraná registrou a criação de 52.091 novos postos de trabalho, mantendo-se entre os melhores resultados do país.

Com esse cenário positivo, o estado alcança a marca de 3.143.492 trabalhadores com carteira assinada, evidenciando a sua relevância econômica. Este é o melhor resultado desde fevereiro de 2021, com um aumento significativo em comparação ao mesmo período do ano anterior, praticamente triplicando o saldo de empregos.

No acumulado de 12 meses, o Paraná totaliza 107.805 novos empregos, demonstrando um desempenho consistente e destacando-se como o quarto melhor resultado nacional nesse período.

Os setores que mais contribuíram para essa criação de empregos foram Serviços, Indústria, Comércio, Construção Civil e Agricultura, este último impulsionado pela safra de soja. Quanto aos municípios, Curitiba liderou a geração de novas vagas, seguida por Londrina, Maringá, Araucária e São José dos Pinhais, entre outros.

No acumulado do bimestre, os destaques são Curitiba (17.768), Londrina (3.081), Maringá (2.706), Cascavel (2.001), Araucária (1.557), Ponta Grossa (1.428), Toledo (1.418), São José dos Pinhais (1.312), Foz do Iguaçu (689), Apucarana e Francisco Beltrão (624) e Arapongas (610). A lista dos 30 municípios que mais geraram empregos no mês e no ano está AQUI .

BALANÇO NACIONAL – O mercado formal de trabalho brasileiro gerou 306.111 postos de trabalho, resultante de 2.249.070 admissões e 1.942.959 desligamentos, em fevereiro. Houve crescimento em relação a janeiro (137.608 postos). Com isso, o total de empregos acumulados no ano tem um saldo de 474.614 postos de trabalho. Os dados positivos foram registrados em 24 das 27 unidades da Federação. 

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli