WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Estado lança aplicativo para auxiliar agricultores com foco na produção orgânica

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), vinculado à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), desenvolveu um aplicativo com o objetivo de orientar produtores de pequenas propriedades rurais e auxiliar técnicos e auditores no processo de certificação orgânica. A iniciativa visa facilitar a expansão da produção de alimentos orgânicos em todo o estado.

Denominado IDR Orgânico, o aplicativo é gratuito e está disponível para smartphones e tablets com sistemas operacionais Android e iOS. Ele integra um projeto de extensão rural voltado para o cultivo de vegetais orgânicos na região do Norte Pioneiro, com apoio do programa Universidade Sem Fronteiras (USF) e investimento do Fundo Paraná, gerenciado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti).

O IDR Orgânico reúne informações sobre os procedimentos de certificação orgânica de maneira simples e acessível. Ele serve como um guia digital, abordando desde a solicitação da visita técnica até detalhes sobre vantagens comerciais para os produtores agrícolas. Além disso, fornece dados sobre os tipos de certificação, atividades produtivas certificadas e documentação necessária.

Os usuários também têm acesso aos endereços e contatos dos 12 núcleos de certificação do programa Paraná Mais Orgânico (PMO), localizados em universidades estaduais e no IDR. Essas instituições colaboram na capacitação de pequenos produtores interessados em adotar o modelo de produção orgânica.

Tiago Santos Telles, economista e pesquisador do IDR, destaca que o aplicativo faz parte de uma série de ações desenvolvidas para impulsionar o setor orgânico no estado. Além disso, um projeto de pesquisa está em andamento para compreender melhor o cenário dos produtores orgânicos do Norte Pioneiro, visando melhorar suas condições socioeconômicas.

O selo de produção orgânica garante aos consumidores que todas as etapas do cultivo foram realizadas sem agrotóxicos e insumos químicos sintéticos, conforme a legislação vigente. Isso agrega valor ao produto final e facilita o acesso a mercados diferenciados. O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), vinculado à Seti, é responsável pela emissão dos selos de produtos orgânicos no estado e acompanha regularmente os produtores para garantir conformidade com os requisitos.

O Paraná lidera o número de agricultores certificados, com 3.977 produtores registrados até o primeiro quadrimestre deste ano, seguido pelo Rio Grande do Sul e pelo Pará. O programa Paraná Mais Orgânico, coordenado pela Seti, desempenha um papel fundamental na conversão de produções convencionais para o modelo orgânico, promovendo a capacitação gratuita de agricultores familiares.

O Universidade Sem Fronteiras (USF) é uma política pública estadual que apoia ações de extensão universitária em prol do desenvolvimento regional sustentável. Lançado em 2022, o programa visa promover transformações sociais e desenvolvimento por meio de projetos estratégicos e multidisciplinares.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Alteração do nome