WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Paraná registra maior quantidade de apreensões de maconha entre os estados nos primeiros três meses de 2024

No período de janeiro a março deste ano, o Paraná se destaca como o estado líder em apreensões de maconha, totalizando 51,5 toneladas retiradas de circulação pelas forças de segurança. Mato Grosso do Sul, São Paulo e Amazonas seguem na sequência, com 47,3 toneladas, 22,8 toneladas e 10,9 toneladas, respectivamente.

Esses dados, provenientes das secretarias estaduais, foram disponibilizados pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A análise mensal revela um aumento constante nas apreensões ao longo do trimestre. Em janeiro, foram 15,2 toneladas de maconha confiscadas; em fevereiro, 19,2 toneladas; e em março, 17 toneladas. Esse desempenho representa um aumento de quase 1% em relação ao ano anterior, com 51,1 toneladas apreendidas no mesmo período em 2023.

O secretário da Segurança Pública do Paraná, Hudson Leôncio Teixeira, atribui esse resultado ao investimento em treinamento policial e aprimoramento das técnicas de investigação e combate ao tráfico. “O Paraná tornou-se o estado com o maior número de apreensões de maconha neste ano, o que é altamente significativo”, afirmou.

As regiões oeste do estado concentram as maiores apreensões. A 13ª AISP de Toledo e a 11ª AISP de Cascavel lideram nesse aspecto, confiscando 9,7 toneladas e 6,9 toneladas, respectivamente. Cascavel é o município com o maior registro de apreensões, totalizando 6,1 toneladas no período, destacando-se uma ação conjunta que resultou na apreensão de 2,2 toneladas em um barracão no bairro Parque São Paulo, em janeiro.

Outros municípios também se destacam, como Guaíra, com 5,9 toneladas apreendidas, e Irati, com 4,9 toneladas. Em fevereiro, uma ação da Polícia Militar resultou na apreensão de quatro toneladas escondidas em uma carga de soja em Irati.

Além das apreensões de maconha, o Paraná também lidera as apreensões de cocaína na região sul, totalizando 1,6 tonelada no período analisado. Esses resultados destacam a eficiência das forças de segurança do estado no combate ao tráfico de drogas.

Para denunciar crimes ou atividades suspeitas, os cidadãos podem utilizar o Centro Integrado de Denúncias 181 de forma anônima, por meio do telefone 181 ou pelo site www.denuncia181.pr.gov.br.

Os dados completos estão no Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli