WhatsApp
Facebook

Um boletim emitido pelo Instituto Água e Terra (IAT) nesta segunda-feira (06) revela que a revitalização da Orla de Matinhos alcançou 94,13% de progresso em abril. O levantamento, realizado em colaboração com o Consórcio Sambaqui, responsável pelas obras, vencedor de licitação pública, destaca o notável avanço na instalação do novo sistema de microdrenagem, que passou de 32,3% para 37,2% desde março.

Essa revitalização é a maior intervenção urbana já realizada no Litoral do Paraná, com um investimento total de R$ 354,4 milhões pelo Governo do Estado, considerando a atualização dos custos e a adequação do projeto. O projeto está dentro do cronograma estabelecido, com conclusão prevista para o segundo semestre deste ano.

A melhoria na infraestrutura de drenagem urbana terá um impacto significativo na redução de alagamentos e enchentes decorrentes de chuvas intensas ou ressacas em Matinhos, uma demanda antiga dos residentes locais e dos visitantes.

O sistema de drenagem funcionará da seguinte maneira: a água da chuva será canalizada para as canaletas de microdrenagem ao lado das ruas e, em seguida, escoada para o sistema de macrodrenagem, composto por canais abertos capazes de transportar grandes volumes de água para o mar, o Rio Matinhos ou seus afluentes.

Além disso, outras estruturas, como o espigão da Praia Brava e os guias de corrente das Avenidas Paraná e Matinhos, já foram concluídas ou estão em fase final de acabamento. As obras agora se concentram na urbanização em Caiobá (97%) e nos balneários (83%) e na instalação do sistema de iluminação inteligente.

O processo de urbanização deverá acelerar nos próximos dias, pois o IAT retomou a revitalização da Orla de Matinhos entre Praia Grande e Flórida após liberação judicial em 16 de abril.

Por fim, o boletim destaca que 100% dos tetrápodes foram instalados em todos os pontos de revitalização da orla, peças essenciais para proteger as estruturas marítimas contra possíveis danos.

Este projeto de revitalização da orla de Matinhos é executado em duas etapas, com um investimento total superior a R$ 500 milhões. A primeira fase, orçada em R$ 354,9 milhões, abrange uma série de serviços, desde engorda da faixa de areia até a revitalização urbanística da orla marítima. A segunda etapa, ainda sem data prevista, incluirá a recuperação de um trecho adicional entre os balneários Flórida e Saint Etienne, juntamente com a instalação de novos equipamentos urbanos.

O progresso da obra até o momento é o seguinte:

  • Espigão da Praia Brava: 100%
  • Guias de corrente da Avenida Paraná: 100%
  • Guias de corrente de Matinhos: 100%
  • Headlands Riviera: 100%
  • Headlands Flórida: 100%
  • Urbanização Caiobá: 97%
  • Urbanização dos balneários: 83%
  • Plantio de restinga: 76,3%
  • Macrodrenagem: 100%
  • Microdrenagem: 40%
  • Assentamento de macrodrenagem: 1.366 metros (100%)
  • Assentamento de microdrenagem: 8.046 metros (37,2%)
  • Tetrápodes lançados na Praia Brava: 340 (100%)
  • Tetrápodes lançados no Flórida: 681 (100%)
  • Tetrápodes lançados no Riviera: 681 (100%)
  • Tetrápodes lançados no Matinhos Norte: 469 (100%)
  • Tetrápodes lançados no Paraná Sul: 1.241 (100%)
  • Tetrápodes lançados no Rio Matinhos Sul: 1.259 (100%)
WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli