WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Inscrições para o Aluno Monitor da rede estadual estão abertas

O programa Aluno Monitor, da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed-PR), está com matrículas abertas até 7 de junho. Destinado a estudantes do Ensino Fundamental, anos finais, e do Ensino Médio, o projeto visa fortalecer o exercício da liderança e o protagonismo estudantil, além de enriquecer o currículo dos participantes para inserção no mercado de trabalho e facilitar a participação em programas do Governo, como o Ganhando o Mundo.

Na última edição, entre 2023 e 2024, o programa registrou a participação de mais de 28 mil alunos, um aumento significativo de 27,2% em relação à edição anterior, entre 2022 e 2023, que contou com cerca de 22 mil alunos. Atualmente, o Aluno Monitor está presente em 1.765 colégios em todo o Paraná, abrangendo 2.665 turmas.

Uma novidade desta edição é a oferta de carga horária trimestral, permitindo que os alunos adequem a monitoria à sua agenda. As matrículas, interdependentes e válidas por três meses, garantem 40 horas de atividades por trimestre. Os estudantes podem renovar suas matrículas para acumular mais 40 horas a cada trimestre, até atingirem as 120 horas totais do programa.

“Antes, a única possibilidade de participar era por meio da matrícula anual, de 120 horas. Agora o estudante terá mais autonomia para administrar seus horários e participar do programa conforme sua conveniência”, explica Dolores Follador, técnica pedagógica da Seed-PR.

Para obter a certificação, os alunos devem cumprir requisitos como realizar pelo menos 4 horas semanais de atividades de monitoria, totalizando pelo menos 75% de frequência no trimestre. Os interessados em participar devem manifestar interesse junto aos professores ou à secretaria da escola, sendo direcionados à turma conforme a demanda por trabalho.

Além de desenvolver habilidades de liderança, organização e responsabilidade, os alunos monitores oferecem suporte individualizado aos colegas, auxiliando no entendimento dos conteúdos. Para Manoel Odilon Mendes Batista Neto, aluno do 7º ano e monitor do Programa Mais Aprendizagem (PMA) no Colégio Estadual Cívico-Militar Presidente Vargas, em Telêmaco Borba, fazer parte do projeto é gratificante. “Fico feliz em saber que estou ajudando outros alunos a entenderem melhor o conteúdo. Sem falar que, enquanto ajudo, eu também acabo revisando o que aprendi e fixando melhor o que foi exposto em sala”, ressalta.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli