WhatsApp
Facebook
Guaíba atinge marca abaixo da cota de inundação pela primeira vez em um mês

Neste sábado (1º), o nível do Rio Guaíba, em Porto Alegre, baixou abaixo da cota de inundação pela primeira vez em um mês, atingindo 3,58 metros às 5h, dois centímetros abaixo do patamar de transbordamento (3,6 metros).

As medições do rio são realizadas em tempo real com o auxílio de lasers, na régua da Usina do Gasômetro, e divulgadas pela Agência Nacional de Águas (ANA), com dados da Rede Hidrometeorológica Nacional e do Instituto de Pesquisas Hidráulicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Desde as 23h de 2 de maio, quando chegou a 3,67 metros, o Guaíba não havia baixado da cota de inundação. Com a diminuição do nível, moradores retornam para casa em bairros como Humaitá, onde fica o pátio do metrô, e na Vila Farrapos.

Na terça-feira (28), o governo gaúcho alterou a cota de inundação de 3 metros para 3,6 metros, com base em medições feitas em uma nova régua mais ao sul do Cais Mauá.

As chuvas que começaram em 27 de abril provocaram inundações e destruição ao longo dos rios Taquari, Sinos, Caí, Gravataí, Pardo e Jacuí, desaguando no Guaíba. O transbordamento do rio afetou diversos bairros da capital, danificando infraestruturas e desalojando milhares de famílias. Até o momento, foram registrados 171 mortos, 806 feridos e 43 desaparecidos, com mais de 2,3 milhões de afetados e cerca de 39 mil em abrigos temporários.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli