WhatsApp
Facebook

Nesta segunda-feira, 5 de fevereiro, na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Paraná para 2024, o chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega, apresentou as principais ações do Governo do Estado em 2023. Na sessão solene, realizada no plenário da Casa, que completa 170 anos de atividades neste ano, Ortega entregou a Mensagem do Executivo ao Legislativo, um documento detalhado com mais de 300 páginas que faz um balanço dos projetos e investimentos executados no ano anterior, além das metas para este ano.

Entre os destaques estão o início da construção da Ponte de Guaratuba-Matinhos, o lançamento de programas como o Asfalto Novo e Vida Nova, que pavimentou todas as vias urbanas de cidades com até 12 mil habitantes, e o Projeto Falcão, que modernizou o policiamento aéreo no Estado. Avanços na regionalização da saúde, na construção de moradias e em projetos sociais também foram ressaltados.

O documento também destaca o crescimento econômico do Paraná, com um aumento de 8,66% no Produto Interno Bruto (PIB), impulsionado principalmente pela recuperação na produção agropecuária após um período de estiagem.

Ortega enfatizou que o planejamento estratégico do governo visa resolver os desafios para o crescimento real do Estado, garantindo soluções nas áreas da saúde, educação, segurança pública, segurança alimentar, emprego e moradia. Ele reiterou o compromisso de cuidar dos 399 municípios do estado, mantendo parcerias com o Legislativo, os municípios e outros órgãos para alcançar resultados positivos em 2024.

Infraestrutura e outros setores

Destacando o desenvolvimento da infraestrutura, mencionou o início da construção da ponte entre Guaratuba e Matinhos e o leilão dos primeiros lotes do novo pacote de concessões, que atrairá mais de R$ 50 bilhões em investimentos. Houve ainda melhorias nos portos e na malha rodoviária, como a revitalização da PRC-280 e a duplicação da PR-323.

Na área da saúde, o foco é a regionalização dos atendimentos, com investimentos de mais de R$ 1 bilhão em obras e a definição de prioridades sanitárias em conjunto com os municípios.

Na educação, foram modernizadas as práticas de ensino, com a introdução de disciplinas como robótica e programação, além da expansão da educação em tempo integral e do programa de intercâmbio para estudantes da rede estadual.

Projetos sociais e direitos sociais

O governo também atuou para garantir direitos às pessoas em situação de vulnerabilidade social, com ações como o Banco de Alimentos Comida Boa e o Cartão Comida Boa. Na habitação, o programa Casa Fácil Paraná beneficiou milhares de famílias, e foram fortalecidas políticas para pessoas com deficiência, mulheres e idosos.

Foto: Gustavo Pontes / CC

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli