WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Crescimento de 17,5% no contingente de aprendizes no mercado de trabalho do Paraná em cinco anos

O número de aprendizes contratados no Paraná aumentou de 29.083 em 2018 para 34.183 em 2022, representando um aumento de 17,5% em cinco anos, de acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho, compilados pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes).

Em 2022, o setor que mais contratou aprendizes foi a Indústria, com 11 503 contratações, seguido pelo Comércio, com 9 461. A Administração Pública também teve uma participação significativa, com 3.707 admissões, enquanto o segmento de Informação, Comunicação e Atividades Financeiras registrou 3.445 novos aprendizes.

Curitiba liderou a criação de vagas para aprendizes em 2022, com 8.587 contratações, seguida por Maringá (1.819), Londrina (1.703), Cascavel (1.598) e São José dos Pinhais (1.455).

A contratação de aprendizes é regida pela lei federal da aprendizagem e se destina a jovens entre 14 e 24 anos. Durante o contrato, eles participam de cursos profissionalizantes, combinando teoria e prática no ambiente de trabalho, visando prepará-los para posições qualificadas no futuro.

As jornadas de trabalho são reduzidas, variando de 4 a 6 horas diárias, para serem compatíveis com o período de estudos do jovem. As empresas que adotam esse modelo devem destinar entre 5% e 15% de suas vagas para aprendizes, promovendo a inclusão desses indivíduos no mercado de trabalho.

O presidente do Ipardes, Jorge Callado, enfatizou que o aumento das contratações reflete a preocupação do poder público e da iniciativa privada em proporcionar oportunidades de capacitação e inserção dos jovens no mercado de trabalho, preparando profissionais qualificados para diversos setores econômicos.

O programa Cartão Futuro, instituído pelo governo estadual, é uma das iniciativas que estimulam a contratação de jovens em situação de vulnerabilidade social, oferecendo subvenções mensais para empresas que os contratam. Além disso, projetos como o Aluno de Sucesso promovem cursos de qualificação profissional e empregabilidade para estudantes da rede estadual de ensino, visando prepará-los para o mercado de trabalho.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli