WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Celepar atinge marca de 1.100 estabelecimentos de saúde cadastrados no Paraná

Nos primeiros três meses de 2024, o Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS – GSUS, desenvolvido pela Celepar, alcançou a marca de 1.100 estabelecimentos de saúde cadastrados. Essa conquista, que impacta diretamente na qualidade do atendimento à população, é um dos destaques do final de semana em que é celebrado o Dia Mundial da Saúde (7 de abril).

A plataforma é utilizada para a gestão operacional de unidades de assistência de saúde que seguem as normas do SUS, abrangendo hospitais, prontos-socorros, clínicas ambulatoriais, laboratórios, farmácias, centros de diagnóstico e centrais de regulação.

Além dos estabelecimentos de saúde, o sistema é utilizado atualmente por 398 secretarias municipais, além das 22 Regionais da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

“O GSUS auxilia hospitais e outras instituições da área da saúde a operarem de forma mais eficaz no dia a dia, o que resulta em um atendimento mais eficiente à população”, afirma Gustavo Garbosa, diretor-presidente da Celepar.

Ele destaca que o GSUS faz parte do Celepar Cid@des, um conjunto de serviços tecnológicos oferecidos aos municípios. “O GSUS é uma das muitas soluções do Celepar Cid@des que ajudam os municípios a serem mais ágeis, eficientes e conectados”, acrescenta.

Além do GSUS, em colaboração com a Sesa, a Celepar desenvolve outras tecnologias para a saúde pública.

Uma delas é a Farmácia Digital, que facilita o acesso online do cidadão a medicamentos padronizados no Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF). O acesso ao sistema é simplificado, permitindo ao cidadão solicitar medicamentos e, se aprovado, recebê-los em sua casa.

Segundo dados do Sismedex, foram realizadas 222 mil solicitações de medicamentos por meio do sistema no primeiro trimestre deste ano.

Outra iniciativa é o software que coordena as chamadas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), garantindo maior agilidade no registro do atendimento e armazenamento de todas as chamadas. De janeiro a março deste ano, foram registradas 290 mil chamadas.

A Celepar também criou o sistema NovoSHT – Sistema de Controle Hemoterápico, para gerenciar doações de sangue, e o Sievisa — Sistema Estadual de Informação em Vigilância Sanitária, fundamental para o mapeamento das informações sanitárias no Paraná.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli