WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Brasil lidera ranking de dengue com 6,3 milhões de casos

O Brasil lidera em notificações de dengue em 2024, com quase 6,3 milhões de casos prováveis, sendo mais de 3 milhões confirmados em laboratório.

Em segundo lugar está a Argentina, com 420 mil casos prováveis, seguida pelo Paraguai, com 257 mil, e pelo Peru, com quase 200 mil.

Esses dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS), que registra 7,6 milhões de casos prováveis de dengue em todo o mundo este ano, com 3,4 milhões confirmados em laboratório. A OMS também reporta mais de 3 mil mortes pela doença e a transmissão ativa da dengue em 90 países.

A entidade destaca um aumento significativo de casos nas Américas nos últimos cinco anos, com mais de 7 milhões de casos registrados até o final de abril, ultrapassando os 4,6 milhões de todo o ano de 2023. Todos os quatro sorotipos da dengue foram detectados na região, com seis países reportando a circulação simultânea de todos os tipos.

A OMS enfatiza a necessidade de uma vigilância robusta da dengue em tempo real para um controle eficaz da transmissão da doença. Além disso, recomenda o uso da vacina TAK-003 em locais com alta intensidade de transmissão, como parte de uma estratégia integrada de combate à doença.

Os casos de dengue, chikungunya e zika, todas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, apresentam uma sobreposição, o que pode resultar em diagnósticos equivocados. A OMS destaca a importância da vigilância para monitorar simultaneamente os três vírus e otimizar as intervenções de saúde pública.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Alteração do nome