WhatsApp
Facebook

No último domingo (25), durante o ATP 500 no Rio de Janeiro, Rafael Matos, gaúcho, fez história ao conquistar o título no saibro do Rio Open, o principal torneio de tênis da América do Sul.

Em parceria com o colombiano Nicolas Barrientos, derrotou a dupla austríaca formada por Alexander Erler e Lucas Miedler por 2 sets a 0 (6/4 e 6/3).

É notável que esta é a primeira vitória conjunta de Matos e Barrientos. O público presente celebrou o feito mesmo após a eliminação dos outros três brasileiros nas simples. O momento foi marcado pela apresentação do cantor Seu Jorge entoando o hino nacional antes da final.

Na final de simples, Sebastian Baez, argentino, superou seu compatriota Mariano Navone por 2 sets a 0 (6/2 e 6/2), conquistando assim o maior título de sua carreira e se tornando o sexto argentino a vencer um ATP 500, o segundo no Rio Open.

Apesar da derrota, Navone recebeu apoio após enfrentar incidentes xenofóbicos durante o torneio, tornando-se uma figura querida pela torcida. O argentino, que começou no qualifying, chegou à final, garantindo momentos marcantes ao lado de lendas do tênis como Gustavo Kuerten e David Ferrer.

O Rio Open, em sua 10ª edição, foi considerado um sucesso pela organização, com recorde de público e desempenho positivo dos tenistas brasileiros. Destacou-se também o primeiro torneio de duplas em cadeira de rodas, vencido pelos britânicos Alfie Hewett e Gordon Reid. A expectativa agora é pela inclusão de um torneio feminino semelhante nas próximas edições do ATP no Brasil.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli