WhatsApp
Facebook
Novo Bolsa Família é pago pela Caixa aos beneficiários com NIS final 2

Nesta segunda-feira (20), a Caixa Econômica Federal realiza o pagamento da parcela de novembro do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 2. Pelo segundo mês consecutivo, o benefício inclui um adicional destinado a mães de bebês de até seis meses de idade, chamado de Benefício Variável Familiar Nutriz. Esse adicional corresponde a seis parcelas de R$ 50, visando garantir a alimentação da criança.

Com a inclusão do novo adicional neste mês, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome anuncia a conclusão da implementação do novo Bolsa Família. Além desse adicional, o programa oferece um acréscimo de R$ 50 a famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos, e um adicional de R$ 150 a famílias com crianças de até 6 anos.

O valor mínimo do benefício é de R$ 600, mas, com o novo adicional, o valor médio do benefício aumenta para R$ 677,88. Neste mês, o programa atenderá 21,18 milhões de famílias, totalizando um gasto de R$ 14,26 bilhões.

Durante a segunda etapa da qualificação automática de dados do Cadastro Único, que ocorreu de 11 a 15 de outubro, foram excluídas 571,34 mil famílias em novembro por terem renda acima das regras do programa. No entanto, mais 260 mil famílias foram incluídas, totalizando 2,66 milhões de famílias que passaram a fazer parte do Bolsa Família desde março.

Regra de proteção

Cerca de 2,54 milhões de famílias estão na regra de proteção em novembro, permitindo que aquelas que conseguirem emprego e melhorarem a renda recebam 50% do benefício por até dois anos, desde que cada integrante receba até meio salário mínimo.

O Bolsa Família, reestruturado desde o início do ano, garante o valor mínimo de R$ 600, destinando R$ 145 bilhões fora do teto orçamentário neste ano. O pagamento do adicional de R$ 150 começou em março, após o governo realizar uma revisão no Cadastro Único para eliminar fraudes.

Auxílio Gás

O pagamento tradicional do Bolsa Família ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês, e os beneficiários podem consultar informações sobre as datas e valores pelo aplicativo Caixa Tem. Em novembro, não haverá pagamento do Auxílio Gás, que retorna em dezembro e beneficia famílias inscritas no CadÚnico com ao menos um membro que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A preferência é dada à mulher responsável pela família e às mulheres vítimas de violência doméstica, conforme estabelecido pela lei que criou o programa.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli