WhatsApp
Facebook

O Governo do Estado, a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR) reuniu prefeitos e gestores dos 399 municípios do Paraná entre os dias 16 e 18 de novembro, no hotel Rafain Palace & Convention, em Foz do Iguaçu (Oeste), com o objetivo de fortalecer a gestão pública na área de sustentabilidade.

O evento “Governo 5.0 – Desenvolve Paraná – Sustentabilidade a serviço da população” contou com workshops, painéis e palestras com nomes como Leandro Karnal e Willian Rigon. O encontro teve o apoio da Assembleia Legislativa do Paraná, Itaipu Binacional e contou com a participação de todas as secretarias, órgãos, autarquias e empresas públicas do Estado.

O tema sustentabilidade é um dos pilares da gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior e a escolha de realizar um evento com esse foco reflete o momento em que o Estado e o mundo vivem.

Governador defendeu expansão das políticas de sustentabilidade durante o encontro

O Paraná quer se consolidar cada vez mais como exemplo de sustentabilidade no Brasil e no mundo. Esse foi o destaque do governador Carlos Massa Ratinho Junior na abertura oficial do encontro Governo 5.0.

“Esta é a oportunidade de consolidar a conquista do Paraná como o Estado mais sustentável do Brasil, fruto do trabalho feito com o Legislativo e com os prefeitos para criar um ambiente em que a preservação seja respeitada”, afirmou o governador. “Sustentabilidade não é um ponto final, mas um caminho que deve ser percorrido diariamente por todos nós, gestores públicos. O mundo enfrenta os desafios das mudanças climáticas e passa por uma transformação energética sem precedentes, o que exige grandes esforços de toda a sociedade para construir políticas mais inovadoras”.

Sustentabilidade E Inovacao Sao Temas Do Evento Governo 5.0 Governo Do Pr E Amp Reúnem Prefeitos Dos 399 Municípios Para Discutir Sustentabilidade E Inovação
Ao Lado De Outros Prefeitos, Bihl Zanetti, Esteve Representando Campina Grande Do Sul No Encontro.

“Esse planejamento de sustentabilidade e o rigor na lei para multar crimes ambientais têm feito o Paraná um destaque na sustentabilidade. Estamos crescendo economicamente com responsabilidade ambiental. É o que queremos expandir cada vez mais”, complementou Ratinho Junior.

Por dois anos consecutivos, o Paraná foi considerado o Estado mais Sustentável do Brasil, de acordo com o Ranking de Competitividade dos Estados, e também recebeu o reconhecimento da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) como exemplo global de sustentabilidade.

As conquistas são reflexos de programas que buscam a conservação do meio ambiente, a geração de energia limpa e a preservação das espécies nativas. Entre eles estão o Paraná Mais Verde, que faz o plantio de árvores nativas, o Rio Vivo, voltado ao repovoamento das bacias hidrográficas do Estado com peixes nativos, e a Estratégia Paraná de Olho nos ODS, que acelera a implementação da Agenda 2030 nas cidades. 

O Governo do Estado também desenvolve o programa Sinais da Natureza, uma parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar). Com orçamento de R$ 3,4 milhões e parcerias com instituições de pesquisa, ele desenvolve projetos e ações para ajudar a frear as mudanças climáticas. Para 2023, a previsão é aumentar o trabalho, que deverá resultar no Plano Estadual de Ação de Mudanças Climáticas e no Marco Regulatório de Carbono.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli