WhatsApp
Facebook

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), encerrou esta semana os serviços da obra de recuperação estrutural e manutenção da ponte metálica sobre o Rio Nhundiaquara na PR-411, em Porto de Cima, distrito de Morretes, região do Litoral. Ao todo foram investidos R$ 2.470.344,43 na ponte, uma estrutura centenária.

Nestes últimos dias foram instaladas as peças de travamento das placas metálicas de acabamento e finalizada a sinalização vertical. Antes disso, foram feitos a limpeza, tratamento, reforço e pintura da estrutura metálica da ponte, e a substituição do antigo tabuleiro de concreto pelo novo tabuleiro metálico, muito mais leve e exercendo menos pressão sobre a estrutura.

Os serviços incluíram a manutenção dos dispositivos de concreto sob a ponte, a remoção da vegetação que se projetava sobre o tabuleiro e abaixo dele e a implantação de dispositivos de segurança, entre outros.

A ponte agora apresenta melhores condições de conforto e segurança para pedestres e veículos, estando apta para atender o tráfego rodoviário pelas próximas décadas.

A execução da obra foi prolongada atendendo a solicitações de lideranças, comunidade e comércios locais, para evitar o bloqueio total da estrutura e garantir o acesso de visitantes ao distrito nos dias e horários de maior movimento, uma vez que o turismo é a principal fonte de renda da localidade.

As constantes chuvas fortes na região do Litoral também impossibilitavam a execução de algumas atividades, como a solda das placas, sendo necessário aguardar melhores condições climáticas para prosseguir.

A operação pare-e-siga, típica em obras dessa natureza, não foi possível no caso da ponte sobre o Rio Nhundiaquara, já que ela é de pista única.

WhatsApp
Facebook

Publicações relacionadas

Compartilhe
WhatsApp
Facebook
Imagem de destaque - Angeli